Carro Elétrico: Nyobolt Surpreende com Carregamento de 10 a 80% em 4 Minutos

Carro Elétrico Nyobolt

Será que as longas esperas para o carregamento de baterias de carros elétricos finalmente chegaram ao fim? Um start-up britânico acredita que sim e recentemente realizou um teste prático para comprovar sua teoria. Embora o teste tenha enfrentado alguns obstáculos, os resultados finais foram impressionantes.

Publicidade - O artigo continua após o banner

Nyobolt Testa Carregamento Rápido em Bedford

O carregamento demorado das baterias ainda é um dos principais motivos que afastam os motoristas da compra de veículos elétricos. Apesar dos avanços tecnológicos, o tempo necessário para carregar um Carro Elétrico ainda não se compara ao de um abastecimento convencional com combustível. No entanto, a Nyobolt, uma start-up britânica, afirma ter superado essa barreira.

Em meados de 2023, a Nyobolt anunciou que o seu carro-conceito poderia ser totalmente carregado em menos de seis minutos, embora essas condições fossem observadas apenas em laboratório e com várias restrições. Críticos apontaram a falta de clareza sobre o que “totalmente carregado” realmente significava e questionaram a durabilidade da bateria em tais condições extremas. Recentemente, a empresa decidiu colocar suas alegações à prova em um ambiente real.

De acordo com a BBC, a Nyobolt levou seu carro-conceito, ainda em desenvolvimento, para a pista de corrida em Bedford, no Reino Unido. A ideia era demonstrar o recorde de carregamento rápido em uma estação de carregamento convencional com padrão HPC de 350 quilowatts. No entanto, o teste enfrentou dificuldades: a bateria de 35 quilowatts-hora não conseguiu ser carregada de 0 a 100% em menos de seis minutos. A empresa culpou a estação de carregamento e o sistema de resfriamento do carro, que não funcionou bem devido ao calor do verão.

Carregamento de Carros Elétrico em Menos de 6 Minutos: Realidade?

Apesar do contratempo, o teste não foi um fracasso completo. A Nyobolt conseguiu carregar a bateria de 10% a 80% em apenas 4 minutos e 37 segundos, o que permitiu ao carro percorrer mais 193 quilômetros, quase o mesmo tempo de um abastecimento tradicional. Se totalmente carregado, o veículo poderia rodar até 250 quilômetros. Esses resultados indicam que o carregamento rápido de Carro Elétrico pode estar mais próximo da realidade do que se imaginava.

Outro ponto positivo é que a Vida útil da bateria parece não ser significativamente afetada pelo processo de carregamento rápido. Segundo a Nyobolt, após 4000 ciclos de carga, a bateria ainda retém 80% de sua capacidade original. Para efeito de comparação, as baterias de iPhone atingem esse ponto após apenas 1000 ciclos. No entanto, é importante notar que a bateria do Nyobolt é relativamente pequena e não representa a capacidade de uma bateria de um carro familiar médio. Portanto, esses tempos de carregamento rápidos não podem ser diretamente aplicados a outros veículos.

Além disso, o Nyobolt, inspirado no Lotus Elise, é um carro esportivo e extremamente leve, pesando apenas 1250 quilogramas, o que contribui para sua maior eficiência de alcance. Mesmo assim, a empresa está em um caminho promissor, com planos de iniciar a produção em série tanto do carro quanto da bateria até 2025. Para isso, a Nyobolt ainda precisa de parceiros de produção e distribuição, já que não pretende se tornar uma fabricante.

Os resultados do teste de carregamento rápido da Nyobolt em Bedford mostram que, embora ainda existam desafios a serem superados, o futuro dos carros elétricos está cada vez mais próximo de se equiparar à conveniência dos veículos a combustão. A capacidade de carregar uma bateria de Carro Elétrico em menos de seis minutos pode revolucionar a indústria automotiva, tornando os veículos elétricos uma opção mais viável e atraente para os consumidores. No entanto, é necessário continuar investindo em inovação e infraestrutura para que essa tecnologia se torne uma realidade prática e acessível.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Publicidade - O artigo continua após o banner

Deixe um comentário